AGC Quest Equity Hedge FIC FIM


Informamos que, em AGC realizada em 05 de Agosto de 2015, foram realizadas as seguintes alterações:

I. Aprovada a alteração da denominação social do FUNDO, que passa a ser denominado AZ QUEST EQUITY HEDGE FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO.

II. Aprovada a alteração dos artigos 2º e 3º do Regulamento do FUNDO, que detalha os serviços prestados pelo ADMINISTRADOR e pela GESTORA do FUNDO, em atenção ao novo padrão do ADMINISTRADOR, passando os mesmos a vigorar na forma do documento anexo à presente ata.

III. Aprovada a alteração da redação do artigo 3º do regulamento do FUNDO, a fim de atualizar a denominação social do prestador de serviço de gestão de carteira do FUNDO, que passa a denominar-se AZ QUEST INVESTIMENTOS LTDA. Desta forma, passando a vigorar na forma do documento anexo à presente ata;

IV. Aprovada a alteração caput do artigo 7º do Regulamento do FUNDO, de modo a atualizar a denominação social do fundo máster que o FUNDO aplica para AZ QUEST MASTER EQUITY HEDGE FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO, inscrito no cnpj sob o n.º 13.812.152/0001-30

V. Aprovada a alteração do artigo 8º do Regulamento para inserir a previsão de que, além dos 95% (noventa e cinco por cento) de seu patrimônio investido em cotas do FUNDO Master, o FUNDO também poderá aplicará os 5% (cinco por cento) restantes em cotas de fundos de investimento, independentemente da classe destes, sendo certo que esta previsão passa a vigorar no inciso IV do parágrafo primeiro do Artigo ora alterado;

VI. Aprovada a alteração do parágrafo sexto do artigo 8º do Regulamento do FUNDO, para excluir a ressalva de que, mesmo nos casos em que a administradora dos fundos investidos disponibilize diariamente a composição das carteiras dos fundos que administra, o ADMINISTRADOR considerará, como regra, o percentual máximo de aplicação em ativos financeiros de crédito privado na consolidação dos limites do FUNDO. Assim, passa a vigorar o referido dispositivo conforme previsto no documento anexo a presente ata;

VII. Em ato contínuo à deliberação acima, fica aprovada também a alteração do artigo 8º do Regulamento do FUNDO, no sentido de (i) incluir a previsão de que o mesmo poderá aplicar até 20% (vinte por cento) do seu patrimônio líquido em ativos financeiros negociados no exterior, seguindo as regras estabelecidas no referido dispositivo, sendo certo que esta regra passa a vigorar no parágrafo oitavo do artigo ora alterado; (ii) incluir a previsão de que é admitido ao FUNDO realizar operações de day-trade, sendo certo que esta previsão passa a vigorar nono do referido artigo; e (iii) incluir a previsão de que o fundo por aplicar, até o limite de 20% (vinte por cento) do seu patrimônio liquido em cotas de fundos de investimento imobiliário, de fundos de investimento em direitos creditórios e de fundos de investimento em cotas de fundos de investimento em direitos creditórios. Tudo posto, passa a vigorar o referido artigo conforme previsto no documento anexo a presente ata;

VIII. Aprovada a alteração da redação do Artigo 22 do Regulamento do FUNDO, que versa sobre o processo de consulta formal para fins de exercício de voto, em atenção ao novo padrão do ADMINISTRADOR, sendo certo que o mesmo passa a vigorar com a seguinte redação:
“Artigo 22
As deliberações dos cotistas poderão, a critério do ADMINISTRADOR, ser tomadas sem necessidade de reunião, conforme previsto na legislação em vigor, mediante processo de consulta formalizada em carta, correio eletrônico ou telegrama, dirigido pelo ADMINISTRADOR a cada cotista, para resposta no prazo máximo de 30 (trinta) dias corridos.

Parágrafo Primeiro
Deverão constar da consulta todos os elementos informativos necessários ao exercício de voto.

Parágrafo Segundo
A ausência de resposta à consulta formal, no prazo estipulado no caput, será considerada como anuência por parte dos cotistas à aprovação das matérias objeto da consulta, devendo tal interpretação também constar expressamente da própria consulta.

Parágrafo Terceiro
Quando utilizado o procedimento previsto neste Artigo, o quorum de deliberação será o de maioria simples das cotas emitidas, independentemente da matéria.”

IX. Aprovada a alteração do caput do artigo 32 do Regulamento do FUNDO, de modo a prever que a carteira do FUNDO não está sujeita a qualquer tributação. Desta forma, o artigo 32 do Regulamento passa a vigorar com a seguinte redação:
“Artigo 32
A carteira do FUNDO não está sujeita a qualquer tributação.”

X. Ratificação da atualização da denominação social da CETIP S.A. – Mercados Organizados;

XI. Aprovados os aprimoramentos redacionais, ajustes e/ou detalhamentos no regulamento do FUNDO em razão das alterações introduzidas pela Instrução CVM 522/12;

XII. Aprovada a consolidação do novo Regulamento do FUNDO, contemplando as alterações acima dispostas.

XIII. Definida como data para implementação e eficácia do novo Regulamento do FUNDO a abertura do dia 04 de setembro de 2015.

XIV. Aprovada a incorporação do fundo QUEST EQUITY HEDGE RJ FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO, inscrito no CNPJ sob o nº 15.832.708/0001-86, pelo FUNDO, no fechamento de 04 de setembro de 2015.
Fonte: AZ Quest Investimentos – 05/08/2015