Se PIB continuar patinando, política fiscal pode ser acionada? E as consequências?


Valor 

Se PIB continuar patinando, política fiscal pode ser acionada? E as consequências?

O economista da AZ Quest, André Muller, avalia que a queda da Selic e a aprovação da reforma da Previdência, junto com a liberação dos recursos do FGTS, serão suficientes para a recuperação, embora ressalte que o nível da atividade não será intensa quanto ao que o país viu em outros períodos, assim como terá que conviver com aumento das incertezas externas.

Por Leandro Manzoni

Clique aqui para acessar a matéria completa no site do Investing.com